top of page
Buscar
  • Foto do escritorLara

ESPIRITUALIDADE COM CONSCIÊNCIA

Atualizado: 24 de jan.

Parte 1


A palavra consciência vem do latim conscientia que significa conhecimento.

Nós já falamos por aqui sobre conhecimento e a sua importância em nossa vida. Vamos agora estabelecer uma relação mais direta entre a espiritualidade, entre o exercer a sua espiritualidade e a consciência ou a necessidade de conhecimento.

Vamos lá!!!

Há várias passagens na Bíblia que citam a importância do conhecimento, eu particularmente gosto muito desta:

Todo o que ama a disciplina ama o conhecimento, mas aquele que odeia a repreensão é tolo. Provérbios 12:1

Em todas as grandes escolas filosóficas há sempre uma exortação a necessidade de adquirir conhecimento. No Evangelho Segundo o Espiritismo, no capitulo VI, item 5, o Advento do Espirito da Verdade, nos é dado o seguinte conselho: "Espíritas: amai-vos, eis o primeiro ensinamento; instruí-vos, eis o segundo." O Dhammapada - O caminho do Darma, nos diz: "Aqueles que são avançados no autoconhecimento, tendo já compreendido claramente esta verdade, se deliciam na reflexão, e se comprazem na companhia dos Ariyas (nobres)." E muitas outras falam da necessidade do conhecimento.

A verdade é que somos espíritos vivendo uma experiência na matéria, e quando nós reencarnamos, nascemos novamente carequinhas, desdentados… mas conforme vamos fazendo nossa evolução na matéria vamos aprendendo a nos comunicar, a falar, a dar os primeiros passos, a ler, a escrever, e, em determinado momento, escolhemos nosso caminho profissional. Alguns querem ser médicos, ouros engenheiros, advogados, dentistas, mecânicos, professores, cozinheiros… há uma enorme quantidade de escolhas a nossa disposição. Mas o que é necessário para que nós possamos exercer a nossa profissão?

Precisamos ter conhecimento na área específica que escolhemos. Veja, eu tenho minha formação na área de administração. Imagina se um belo dia eu acordo e resolvo, toda feliz e contente, ir para um hospital, entro na sala de cirurgia e digo ao médico: sai para lá doutor porque quem irá operar agora sou eu! Ou ainda chego em uma escola, entro na sala de aula e digo que irei dar aulas de astrofísica. Não posso fazer isso, claro, porque não tenho o conhecimento necessário para isso nesta encarnação. Eu até posso ter esse conhecimento latente em meu cérebro espiritual adquirido em outras encarnações. Mas é um conhecimento que eu não tenho acesso nesta encarnação. Eu não estudei e adquiri habilidade para operar ninguém, nesta encarnação eu escolhi o caminho da administração.

Ora, se nós precisamos estudar para ter a nossa profissão, porque será que pensamos que quando se trata de espiritualidade, de exercer nossa espiritualidade eu não preciso estudar? Será que eu não preciso saber o que estou fazendo?

Na incrível obra do médium Chico Xavier a todo o momento somos lembrados pelos espíritos sobre a necessidade de aquisição de conhecimento. No livro Nos Domínios da Mediunidade - psicografia de chico Xavier pelo espírito André Luiz - na introdução do livro, o mentor de Chico, o espírito Emmanuel, nos esclarece: "Sem a noção de responsabilidade, sem devoção à prática do bem, sem amor ao estudo e sem esforço perseverante em nosso próprio burilamento moral é impraticável a peregrinação libertadora para os cimos da vida." Veja importância de se estudar!

“Sem compreensão e sem bondade irmanar-nos-emos aos filhos desventurados da rebeldia. Sem estudo e sem observação, demorar-nos-emos indefinidamente entre os infortunados expoentes da ignorância. Amor e sabedoria são as asas com que faremos nosso voo definitivo, no rumo da perfeita comunhão com o Pai Celestial” - Chico Xavier pelo espírito André Luiz

A sabedoria começa na aquisição de conhecimento. Amor e Sabedoria é que nos levarão de volta ao Pai, Criador de todas as coisas, fonte inesgotável de amor.

É pelo amor que nós nos valorizamos para a vida e é pela sabedoria que a vida nos valoriza.


Subindo a montanha


Eu vejo o conhecimento como a necessidade de se subir uma montanha muito alta a partir de um vale profundo. Quando estamos no vale, nosso campo de visão é muito limitado porque tem todas as montanhas em volta, você só consegue enxergar aquilo que está mais ou menos na sua linha de visão. Quando você começa a subir a montanha, subiu um pouco, nós já começamos a perceber coisas que antes não conseguíamos ver. Subindo mais um pouco, nós enxergamos um pouco mais além e percebemos outras coisas que não fazíamos idéia que existiam. Se subirmos mais um pouco já conseguimos ver além do vale, e aí, aí se descortina para nós a magnitude e a beleza que não imaginávamos possível.

E essa é a beleza do conhecimento!!!

E é através do nosso próprio esforço que nós vamos subindo essa montanha chamada conhecimento. Quanto mais conhecimento nós, como espíritos imortais, adquirimos em nosso progresso que é incessante, a cada passo nós descobrimos domínios antes ignorados.

E aí? Vamos começar a subir essa montanha?


4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

CASAMENTO

Comments


bottom of page