top of page
Buscar
  • Foto do escritorLara

JESUS E O NATAL

Ensinamentos para hoje, amanhã e sempre.


Natal é a festa cristã em que se comemora o nascimento de Jesus Cristo, esse Espírito de Luz que encarnou entre nós para trazer a mensagem do amor, perdão, misericórdia, justiça e fé.


Para mim o Natal representa uma época onde somos mais propensos a praticar a caridade e o perdão, a fraternidade e o amor, a justiça e a misericórdia. E quem nos ensinou verdadeiramente sobre caridade e perdão? Quem nos ensinou sobre fraternidade e amor, sobre justiça e misericórdia? Jesus.


E os seus ensinamentos são tão profundos, tão verdadeiros, tão cheios de amor que mesmo após 2023 anos do seu nascimento, nós ainda sentimos a presença do mestre no meio de nós.


No livro Relicário de Luz, o espírito Aparecida, pela psicografia de Chico Xavier, traz uma linda oração cujo título é Súplica do Natal:


Amado Jesus: Na excelsa manjedoura que te esconde a glória sublime, ouve a nossa oração! Ajuda-nos a procurar a simplicidade que nos reúne ao teu amor… Auxilia-nos a renascer dentro de nós mesmos, buscando em Ti a força para sermos, em Teu Nome, irmãos uns dos outros! Mestre do Eterno Bem, sustenta as nossas almas a fim de que a alegria de servir e ajudar nos ilumine a senda, não somente na luz de teu Santo Natal, mas em todos os dias, aqui, agora e sempre…

Natal é o tempo desse sentimento de renovação aflorar em nós, de restabelecer relações estremecidas, de perdoar aqueles que nos magoaram, é pedir perdão a quem nós magoamos, é estender a mão para os que estão necessitados, é cuidar da família, é separar um tempo para convivência com aqueles que amamos, é fazer comida gostosa, é rir e se alegrar com coisas simples, é o tempo de fazer o bem... por isso eu penso que deveríamos trazer esse espírito natalino para todos os dias do ano, porque aí, nós estaríamos seguindo Jesus.


Emmanuel tem uma mensagem linda no livro Fonte de Paz, pela psicografia do Chico, intitulada O Natal do Cristo, em que ele nos diz: A recordação do Mestre desperta novas vibrações no sentimento da Cristandade. Não mais o estábulo simples, mas o nosso próprio Espírito, em cujo íntimo o Senhor deseja fazer mais luz…Santas alegrias nos procuram a alma, em todos os campos do idealismo evangélico.


Emmanuel diz que a festividade em si são as nossas manifestações de confiança renovada, mas que não podemos esquecer o trabalho renovador a que o Natal nos convida a cada ano, porque muitos ainda tem o pessimismo cristalizado e desistiram temporariamente da comunhão fraterna. O Natal serve como despertador dos nossos sentimentos, acordando raciocínios enregelados com as notas harmoniosas do amor que o Mestre nos legou.


Ah! Mas alguém pode perguntar onde fica o Papai Noel nessa história, pois as crianças gostam tanto dele… É preciso ensinar as crianças o verdadeiro sentido do Natal. Muitos se esqueceram que a data é a representação do nascimento do Cristo em nosso planeta, e tudo o que ele representa para nós. Claro que as crianças gostam do Papai Noel, dos presentes, mas o Natal não é isso, não é o comércio em si. Papai Noel é o entregador de presentes.


Emmanuel vai dizer no livro Coletânea do Além, pela psicografia de Chico Xavier que As comemorações do Natal conduzem-nos o entendimento à eterna lição de humildade de Jesus, no momento preciso em que a sua mensagem de amor felicitou o coração das criaturas, fazendo-nos sentir, ainda, o sabor de atualidade dos seus divinos ensinamentos.


A Manjedoura foi o Caminho. A Exemplificação era a Verdade. O Calvário constituía a Vida. Sem o Caminho, o homem terrestre não atingirá os tesouros da Verdade e da Vida. - Chico Xavier por Emmanuel

É preciso, mais do que nunca, nesses tempos em que vivemos, trazer Jesus para o nosso coração. Jesus precisa nascer e crescer em nosso íntimo, em nossa alma. Assim, a luz do Cristo iluminará a nossa consciência.


As lembranças do Natal, porém, na sua simplicidade, indicam à Terra o caminho da Manjedoura… Sem ele, os povos do mundo não alcançarão as fontes regeneradoras da fraternidade e da paz. Sem ele, tudo será perturbação e sofrimento nas almas, presas no turbilhão das trevas angustiosas, porque essa estrada providencial para os corações humanos é ainda o Caminho esquecido da Humildade. - Chico Xavier por Emmanuel

Bilhete de Natal


No livro Antologia Medíunica do Natal, o espirito Casimiro Cunha tem um lindo poema, pela psicografia de Chico Xavier, intitulado Bilhete de Natal.


Meu amigo, não te esqueças,

Pelo Natal de Jesus,

De cultivar na lembrança

A paz, a verdade e a luz.


Não olvides a oração

Cheia de fé e de amor,

Por quem passa, sobre a Terra,

Encarcerado na dor.


Vai buscar o pobrezinho

E o triste que nada tem…

O infeliz que passa ao longe

Sem o afeto de ninguém.


Consola as mães sofredoras

E alegra o órfão que vai

Pelas estradas do mundo

Sem os carinhos de um pai.


Mas, escuta. Não te esqueças

Na doce revelação,

Que Jesus deve nascer

No altar do teu coração.


Feliz Natal!!!! Com Jesus em nossos corações.

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

CASAMENTO

Comments


bottom of page