top of page
Buscar
  • Foto do escritorLara

SOMOS DEUSES

Nossa força interior e o deus que há em nós.


Vocês já pararam para pensar nisso?

Somos Deuses!

E não sou eu a dizer isso, quem disse foi Jesus corroborando as escrituras. Está dito lá no Antigo Testamento em Salmos 82:6 "Eu disse: Vós sois deuses, e todos vós filhos do Altíssimo."

Em João 10:34-38, é relatado: "Jesus lhes respondeu: Não está escrito na lei de vocês: 'Eu disse: Vocês são deuses'? Se ele chamou 'deuses' àqueles a quem veio a palavra de Deus, e a Escritura não pode ser anulada, que dizer a respeito daquele a quem o Pai santificou e enviou ao mundo? Então, por que vocês me acusam de blasfêmia porque eu disse: Sou Filho de Deus? Se eu não realizo as obras de meu Pai, não creiam em mim. Mas, se as realizo, mesmo que não creiam em mim, creiam nas obras, para que possam saber e entender que o Pai está em mim e eu no Pai."

O Pai, criador de tudo, está dentro de nós, ele é a nossa centelha divina, somos emanação Dele. Nós estamos no Pai, porque o Pai é tudo o que existe, ele é o Todo.

Paulo, no Atos dos Apóstolos 17:27-28, nos diz: "Deus fez isso para que os homens o buscassem e talvez, tateando, pudessem encontrá-lo, embora não esteja longe de cada um de nós.'Pois nele vivemos, nos movemos e existimos', como disseram alguns dos poetas de vocês: também somos descendência dele."

Hermes Trismegisto, no Antigo Egito, já ensinava que tudo tem sua existência na mente do Todo, em cuja Mente vivemos, movemos e temos nossa existência.

Ora, então podemos deduzir que Deus é a Vida dentro da vida que somos nós. Quando perdermos nossas expressões personalísticas pela nossa própria evolução moral e espiritual, e, então, deixarmos Deus se manifestar plenamente através de nós, percebendo que Ele é a única Vida a existir na eternidade da criação, entenderemos a afirmação de Jesus que todos somos deuses.

Quando deixarmos Deus se manifestar em nós, através de nós, realizaremos, como Jesus disse, coisas que nem pensamos ser possível. Está em João 14:11-12 "Creiam em mim quando digo que estou no Pai e que o Pai está em mim; ou pelo menos creiam por causa das mesmas obras. Digo a verdade, aquele que crê em mim fará também as obras que tenho realizado. Fará coisas ainda maiores que estas, porque eu estou indo para o Pai."

Nós somos deuses, não no sentido de competirmos com o Pai, mas sim no sentido de que podemos evoluir infinitamente, que podemos nos desenvolver intelectualmente, emocionalmente, afetivamente. Nós podemos realizar, através de nosso próprio esforço, o nosso progresso. Não existe limite para a nossa evolução.

Quanto mais evoluímos, quanto mais conhecimento temos, quanto mais praticamos o bem, muito mais coisas podemos realizar.


"Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai a não ser por mim." - João 14:6

O caminho para "sermos deuses" é Jesus. É preciso seguir o mestre, compreendendo sua mensagem e fazendo o que ele nos orientou: "Um novo mandamento dou a vocês: Amem-se uns aos outros. Como eu os amei, vocês devem amar-se uns aos outros." João 13:34

É o amor que despertará o deus que nós somos.

Vocês conseguem perceber o surgimento de uma nova consciência voltada para a realidade do espírito que tem nos envolvido? Uma consciência que determina o processo de regeneração das criaturas, e, por consequência, da Terra.

Se aproxima, para aqueles que buscam a verdade das coisas, que buscam o entendimento, o crescimento, que praticam o bem, para aqueles que tem "olhos de ver" e ouvidos de ouvir", a vitória do espírito sobre a matéria, a libertação de nosso próprio cativeiro das paixões materiais.

É a luz de Jesus que vamos percebendo na aurora dos novos tempos que se aproximam, que consegue atingir as trevas que ainda existem dentro de nós, dentro de nossa mente. Mas para percebermos a luz do divino mestre, precisamos entrar em contato com a nossa própria luz. Precisamos aumentar a nossa própria luz, dilatar a nossa consciência espiritual, através do conhecimento, autoconhecimento e prática do bem.

A nossa consciência espiritual mais dilatada vai, assim, se sobrepor às influências do materialismo que distorcem os objetivos nobres da vida, a finalidade superior da existência, a comunhão com o Pai.

Vejam, até hoje sentimos a influência de Jesus em nossas vidas, apesar de já se ter passado mais de dois mil anos de sua presença física entre nós. Imaginem como evoluiremos quando encontrarmos dentro de nós as potências do espírito, quando compreendermos o Evangelho de Jesus com mais clareza, quando utilizarmos não só a razão e a lógica como também o coração e o sentimento para o seu entendimento.

Os valores que nós desenvolvemos apenas pela razão, quando forem tocados pelas virtudes como o amor, a bondade, a compaixão e a caridade, crescerão exponencialmente, abrindo novas perspectivas de entendimento das leis divinas.

É o começo para despertar a nossa força interior e acordar o deus que existe em nós.


Uma analogia inusitada


Eu preciso contar para vocês uma situação inusitada que ocorreu comigo.

Quando eu era criança, e comecei a me interessar pelas escrituras, eu li a passagem de Paulo, que citei acima, e fiquei pensando, claro, criança que era, como nós podíamos estar dentro de Deus. Na minha mente infantil, imaginava Deus como um gigante, e nós, seres humanos, vivendo dentro dele.

Alguns dias depois de ficar remoendo essa idéia, na aula de ciências a professora começou a nos ensinar sobre protozoários. Quando ela falou da ameba, me deu um "clic" e eu prontamente falei em vós alta: ah! entendi! Nós estamos dentro de Deus como a ameba está dentro de nós!!!

Bom, claro que houve risadas, não é?

Minha professora, que ainda está no plano físico, sempre que nos encontramos se lembra desse fato um tanto inusitado, e sempre me diz: para uma criança da sua idade foi a analogia mais interessante que já escutei.

Hoje, pensando no grau evolutivo em que estamos, acho que tinha uma certa razão em nos compararmos a uma pequena ameba, vocês não acham?

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

CASAMENTO

Comments


bottom of page